Eu não sou

Entendo o processo de escrita como minha forma de estar no mundo, me comunicando e me entendendo dentro de uma possibilidade de invenção, criação e descobertas. Aqui não sou do magistério, nem crítica de cinema; não sou poeta, nem cineasta. Gosto de olhar para isso e falar sobre isso, não de forma exata. O cinema, a literatura alimentarão meu ego e eu no exercício de escrever vou tentando me salvar desse perigo.

Aqui vos fala: Rosangela Dantas Lopes, que leciona língua e literatura. Também fez filosofia, o suficiente para aprender a morrer, mas não a ensinar a filosofar. Não li o suficiente para isso. Estudei cinema, as migalhas que me restaram, documentário também é um assunto que persigo. O resto é vontade de viver e escrever sobre isso.